LABRA
Por LABRA em 26 de Julho de 2022

Inbound commerce: você sabe o que é?

O inbound commerce consiste em uma adaptação da amplamente conhecida metodologia tradicional de marketing. Ele é voltado a atrair clientes utilizando conteúdo relevante, inbound marketing, a partir da lógica do comércio eletrônico, o e-commerce.

Para quem busca aumentar as vendas de sua empresa, a Internet tem sido possivelmente a melhor alternativa nos últimos tempos. Entretanto, o que não é alvo de tanta atenção na maioria das vezes, são as estratégias de marketing utilizadas em lojas virtuais.

Assim, a união entre uma abordagem eficiente, em termos de marketing digital, e a própria dinâmica do comércio eletrônico tem um gigantesco potencial a ser explorado por meio da prática planejada do inbound commerce pelas mais diversas lojas virtuais mundo afora.

Tendo isso em vista, neste artigo serão abordados os aspectos fundamentais da definição, da utilização e dos benefícios do inbound commerce como metodologia de marketing para e-commerce, visando aumentar as vendas de toda e qualquer empresa.

Bem como uma escada pré moldada externa, tal estratégia pode ser utilizada como uma importante ferramenta para que pequenos negócios ascendam a patamares cada vez mais altos, a partir de um processo de atração e conversão de clientes melhor planejado.

Definição de inbound commerce

Antes de qualquer coisa, é importante ressaltar a explicação do que é o inbound marketing. Também chamada de marketing de atração, essa estratégia consiste em uma série de táticas que visam ao objetivo de atrair e converter clientes para uma determinada marca.

Tendo em mente tal objetivo, são utilizadas diversas ferramentas, dentre as quais se destaca a produção de conteúdo relevante, voltada a atrair o público-alvo de forma “passiva”, ou seja, de um jeito que a empresa não tenha a necessidade de correr atrás dele.

Apesar da criação e divulgação de conteúdo não ser a única via de concretização do inbound commerce, ela é certamente uma das mais comuns. Em outras palavras, o marketing voltado a conteúdo é o que oferece melhores resultados ao e-commerce.

O conteúdo produzido com o intuito de alimentar uma estratégia de inbound marketing pode ser veiculado pelos mais diversos canais, como sites, redes sociais ou mesmo resultados de pesquisas realizadas em ferramentas de busca online.

Dessa maneira, o mercado consumidor tem a possibilidade de encontrar e se interessar de forma genuína por marcas diversas. Por sua vez, quando a referida estratégia de marketing é aplicada ao comércio eletrônico, ocorre o que é chamado de inbound commerce.

Por exemplo, caso uma marca de peças para caminhão volvo crie e divulgue conteúdo online sobre seus produtos e isso estimule potenciais clientes a comprá-los por meio da loja virtual dessa mesma empresa, é concretizado o tão falado inbound commerce.

peças-volvo-ce-garantia-1024x352Melhor forma de usar o inbound commerce

Como mencionado anteriormente, o inbound commerce consiste em uma série de táticas relacionadas ao inbound marketing, que se voltam a fazer com que consumidores vão até determinada empresa, ao invés dela fazer o papel de correr atrás deles.

Sabendo disso, a produção de conteúdo relevante é certamente uma das melhores vias para fazer com que potenciais clientes entrem em contato com os produtos ou serviços ofertados por uma marca e, consequentemente, se interessem por eles.

Assim, surge a necessidade de que qualquer e-commerce, que se proponha a utilizar a estratégia do inbound marketing, elabore um planejamento e execute eficientemente ações de criação e divulgação de conteúdo online para atrair seu público-alvo.

Além disso, se faz fundamental priorizar consumidores que estejam nas primeiras fases do processo de compra, ou seja, que estejam no processo de pesquisa e descoberta de produtos, serviços e marcas, mas que ainda não tenham tomado a decisão de comprar.

Para tanto, existe um conjunto de mecanismos de conversão que se propõem a justamente atrair potenciais clientes que ainda não estejam prontos para se efetivar enquanto compradores de uma determinada empresa.

Da mesma forma que existe uma mesa escritório planejada para cada formato e tamanho de cômodo, também há uma tática específica de conversão de usuários interessados em clientes para cada caso de aplicação do inbound commerce.

Portanto, neste artigo serão abordadas algumas dicas valiosas a respeito de como utilizar o inbound commerce para atrair e converter consumidores para a compra de quaisquer produtos ou serviços ofertados por uma determinada marca.

Como o inbound commerce pode atrair clientes?

Dentre todas as variadas formas que o inbound commerce pode ajudar a atrair consumidores, quatro delas provavelmente são as principais em meio às demais. Elas são:

  1. Definir o público-alvo e produzir conteúdo que o interesse;
  2. Criar e movimentar um blog para converter clientes;
  3. Utilizar o processo de automação em inbound commerce;
  4. Gerar ativamente maior tráfego no e-commerce.

Sobre o primeiro tópico, é notável que o inbound commerce é uma forma de cativar ainda mais clientes, até para que também sejam beneficiados a partir dos negócios, e não apenas a empresa.

Assim, é necessário, a princípio, definir concretamente o público-alvo em todos os aspectos possíveis, para que, posteriormente, seja viável criar e divulgar conteúdo relevante para esse mesmo mercado consumidor, viabilizando organicamente futuras vendas.

Tal qual uma medalha personalizada para lembrancinhas, é fundamental que todo conteúdo produzido seja elaborado a partir das demandas e interesses particulares do nicho de mercado que se busca atingir, o que garante a maior eficiência de vendas possível.

A respeito do segundo item, é importante ressaltar que blogs ainda são algumas das mais eficazes formas de promover lojas virtuais mediante o mercado consumidor inserido na lógica do e-commerce.

Além de chamar a atenção do grande público para uma determinada loja virtual, um blog pode contribuir para o aumento de vendas dessa mesma loja, desde que orientado leve em conta o tópico anterior a partir de uma estratégia bem definida de inbound marketing.

Por exemplo, no caso de uma loja virtual de roupas, realizar postagens a respeito de uniforme feminino social moderno talvez seja uma boa forma de atingir determinado público e converter parte significativa dele em clientela.

Em relação ao terceiro tópico, é fato que, com o advento de novas tecnologias, o comércio eletrônico foi bastante beneficiado. A automação, dentre outras ferramentas, pode servir ao propósito de nutrir e qualificar potenciais clientes, convertendo-os em consumidores.

Uma das formas mais comuns de utilização da automação no inbound commerce é o disparo periódico de e-mails para usuários que acessam uma determinada loja virtual. Manter contato ativo com tais usuários é essencial para efetuar o processo de compra.

Se um cliente que comprou, por exemplo, um painel backdrop casamento receber um e-mail da marca com a qual fechou negócio, se pondo à disposição para sanar dúvidas sobre o produto ou receber retornos sobre ele, é provável que ele se torne freguês.

Por fim, sobre o quarto e último item citado, para que qualquer e-commerce possa sobreviver no mundo virtual, é necessário que haja tráfego constante de usuários nele. Para viabilizar tal processo, existem múltiplas ferramentas disponíveis a serem utilizadas.

Publicidade e propaganda online, por meio de pop-ups, redes sociais, dentre outras formas, são as formas mais comuns para ter um tráfego expressivo e periódico em basicamente qualquer e-commerce que adote uma estratégia de inbound marketing.

Assim, é possível que um usuário de Internet, navegando em um site qualquer de decoração e design de interiores, veja um anúncio sobre persiana romana cascata e esteja mais propenso a visitar a loja virtual responsável pela referida peça publicitária.

Considerações finais

Ao longo deste artigo, foi possível esclarecer mais a fundo os principais aspectos da definição, da utilização e dos diversos benefícios fornecidos pelo inbound commerce em termos de aumento de vendas das empresas que o implementam.

Além disso, também foram dadas algumas dicas importantes a respeito de práticas simples de inbound commerce, que podem viabilizar uma mais eficiente atração e conversão de clientes e, consequentemente, garantir o sucesso de todo e qualquer negócio.

O conceito dessa metodologia se resume, geralmente, a fazer convergir conteúdo e contexto, possibilitando o estreitamento de laços entre clientes e empresas, abrindo margem para a fidelização de um determinado público-alvo através do marketing digital.

Devido ao fato dessa estratégia visar a comunicação direta com os clientes, trazendo vantagens a eles mesmo antes de ofertar um produto ou serviço, o inbound commerce gera melhores resultados, uma vez que o engajamento dos usuários se faz mais presente.

Bem como uma letra caixa com led interno, o inbound commerce atrai, como poucos outros métodos de marketing digital, a atenção e o interesse do grande público, sendo uma alternativa inestimável a todo negócio que almeja crescer e se desenvolver.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Quer conhecer nosso case de Inbound Commerce, um case focado em ações B2B e B2C

 

Publicado por LABRA 26 de Julho de 2022
LABRA

Assine nossa newsletter!