Luiz Alexandre Wagner
Por Luiz Alexandre Wagner em 27 de Maio de 2022

Mitos e verdades sobre o marketing digital para indústrias.

A transformação digital está mudando a relação das empresas com o mercado. No entanto, grande parte delas ainda não entendeu a importância das ações digitais. A questão se torna ainda mais delicada quando se trata de uma relação B2B (Business to Business), quando os consumidores finais não são o foco. Por isso, o marketing digital para indústrias é tão importante.

 

Afinal, os ambientes de atuação não são todos iguais entre os modelos de negócio. É preciso compreender o nicho, a linguagem, necessidades e falhas para trabalhar o que realmente são pontos fortes e fracos, consolidando a posição da indústria no mercado.

No entanto, muitos gestores ainda se apegam a mitos que apenas atrasam os resultados, que poderiam ser alcançados com o marketing digital para indústrias. Conheça alguns deles, saiba o que é verdade e entenda o que é preciso para aumentar a sua visibilidade na internet.

 

1. O marketing digital para indústrias é o mesmo que o marketing digital para qualquer empresa

Mito. As estratégias precisam ser diferentes já que o foco é diferente. Muitas empresas vendem diretamente para os consumidores finais (B2C - Business to Consumer). Uma indústria vende para outras indústrias ou empresas (B2B - Business to Business), então as ações precisam ser diferentes.

 

2. Não é preciso criar personas no marketing digital para indústrias

Mito. A criação de personas é o ponto de partida de qualquer campanha. A diferença é que é bem mais complexo definir as personas de uma empresa inteira do que de consumidores finais.

O nível de detalhamento deve ser maior para que a criação corresponda ao máximo possível à realidade, levando às melhores ações conforme o perfil desejado.

 

3. Qualquer empresa ou profissional de marketing pode fazer marketing digital para indústrias

Mito. Nesse caso é a experiência que faz diferença. É preciso muita especialização no segmento B2B para criar um planejamento detalhado e alinhado com as necessidades específicas de cada indústria.

 

Além disso, a forma de comunicação é diferente para cada setor. O marketing digital para indústrias é uma segmentação do B2B. Ou seja, é ainda mais especializado. Então é preciso compreender muito bem o meio, as demandas características do segmento e as dificuldades das indústrias para investir nos pontos certos.

 

4. O marketing digital para indústrias visa aumentar a visibilidade na internet

Verdade. No entanto, é preciso considerar as peculiaridades para atingir o objetivo. As técnicas podem ser as mesmas para aumentar o rankeamento no Google e converter leads - SEO, produção de conteúdo, otimização de site, atuação nas redes sociais, etc - mas cada peça ou ação precisa ser adaptada à realidade do setor.

 

5. Esse tipo de marketing especializado é o principal meio de comunicação com o seu público

Verdade. Nesse ponto o marketing digital B2C e industrial são semelhantes. Ambos são o principal canal de comunicação das marcas/indústrias com os consumidores/empresas.

É preciso apresentar as vantagens e diferenciais da sua indústria para atrair o público e consolidar o negócio como autoridade no mercado de atuação.

 

6. O marketing digital para indústrias não influencia nas vendas

Mito. Ao aumentar a visibilidade da sua indústria há, consequentemente, um aumento nas vendas. Mais visitantes são atraídos para as suas páginas, identificando mais facilmente os leads em potencial.

Dessa forma, fica mais fácil estabelecer um relacionamento através de conteúdos que gerem engajamento e de um atendimento personalizado. Isso aumenta a importância da sua marca na decisão de compra.

Esse relacionamento e as informações coletadas enriquecem o trabalho da equipe de vendas. Assim fica mais fácil também reconhecer a etapa da cada lead e o momento de oferecer seu produto ou serviço, potencializando as chances de fechar negócio.

 

7. Monitoramento não funciona para indústrias

Mito. O monitoramento, a análise de dados e as métricas possibilitam reconhecer quais as estratégias que estão sendo bem sucedidas ou não. Assim, é possível promover um aprimoramento constante das táticas de marketing digital para indústrias, conseguindo resultados cada vez melhores.

 

8. Estratégias devem ser aplicadas individualmente

Mito. Para que o marketing digital para indústrias tenha os resultados esperados, as ações precisam ser coordenadas. Por isso, é muito importante fazer um planejamento estratégico detalhado, criando uma frente ampla de atuação que envolva as empresas interessantes para o seu negócio.

 

Assim, é preciso identificar e segmentar os consumidores em potencial para conversar com todas as personas envolvidas na cadeia produtiva. Dependendo do nicho, cada uma pode demandar uma estratégia e/ou linguagem própria, atuando de forma integrada às demais.

 

Agora que você já conhece alguns dos mitos que rondam o marketing digital para indústrias, está na hora de falar com quem é expert no assunto.

 

A LABRA é referência nacional em marketing digital e inbound marketing para empresas, contando com uma equipe 100% especializada no setor produtivo e uma metodologia própria de atuação.

 

Venha saber mais e conversar com um dos nossos especialistas!

Publicado por Luiz Alexandre Wagner 27 de Maio de 2022
Luiz Alexandre Wagner

Assine nossa newsletter!